Loading...

terça-feira, 1 de abril de 2014

A MISERICÓRDIA



                                                          ”Ofereço aos homens um vaso,
                                      com o qual devem vir buscar graças na fonte da misericórdia. 
                        Esse vaso é a Imagem com a inscrição: Jesus, eu confio em Vós” (Diário, 327).


Queridos irmãos e irmãs,em algum momento de sua vida,você já si perguntou,ai de mi  si não fosse,a Misericórdia do senhor.Pois bem,diante deste princípio,iremos partilha esta dadiva de Deus Pai,na pessoa de Jesus Cristo,seu filho e nosso senhor.Na carta de Judas encontramos:A VÓS,MISERICÓRDIA,PAZ E AMOR EM ABUNDÂNCIA!(Jd 1)No cântico de Maria,encontramos:E SUA MISERICÓRDIA SE ESTENDE DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO.(Lc 1)Será que temos,em nossas mentes e,em nossos corações,a de menção da Misericórdia do senhor.Jesus diz a Santa Faustina:Minha filha,diz as almas que estou ilhes dando,como defesa,a minha Misericórdia,estou lutando por elas sozinho e suportando a justa ira de meu Pai(D 1516)Minha filha,diz que a festa da minha Misericórdia,brotou das minhas entranhas para o consolo do mundo inteiro.
Vejam irmãos e irmãs,como muita das vezes,não nós damos conta destas verdades,ou por falta de formação,é até interesse,estamos ai vivendo,um mundo cada vez,mais distante da Misericórdia do senhor,nós deparamos,com pessoas que deveriam propagar,a Misericórdia dele,pois assim ele exorta,e nem sempre,os escolhidos fazem,jus a esta realidade.Mais temos também,por outro lado,irmãos é irmãs,que si empenha para que a vontade de Jesus,si concretize.Porque assim ele determina:Minha filha,não te canses de divulgar a minha Misericórdia,consolarás com isso meu coração,que arde com a chama de compaixão para com os pecadores.Diz aos meus Sacerdotes que os pecadores empedernidos se arrependerão diante,da compaixão que tenho para com eles no meu coração.Aos Sacerdotes que proclamarem e glorificarem a minha  Misericórdia darei um poder extraordinário,ungindo as suas palavras,e tocarei os corações daqueles a quem falarem.(D 1521)
Elevemos neste,momento uma prece,para que aqueles,escolhidos que ainda,não si deram conta da dimensão que é a Misericórdia do Senhor,que nossa oração possa,agora soar em seus corações pela graça do espírito santo....
Jesus continua a dizer,a Santa Faustina:No antigo testamento,eu enviava profetas ao meu povo com ameaças.Hoje estou enviando-te a toda a humanidade com minha Misericórdia,não quero castigos,apenas quando eles mesmos me obrigam a isso,e é com relutância que a minha mão empunha a espada da justiça.Antes do dia da justiça estou enviando o dia da Misericórdia. Poderíamos trazer ainda mais coisas que Jesus disse para,Santa Faustina,mais até aqui já,agradeço a Deus Pai,e a 
   Jesus,que pela graça do espírito santo,veio ao meu auxilio,para fazer esta partilha,mais para finalizar,não poderia de mais uma vez,recorrer-me ao Diário de Santa Faustina,desejando como nosso senhor Jesus Cristo,deseja que a humanidade mergulhe em sua Misericórdia.
Pinta uma imagem de acordo com o modelo que estás vendo,com a inscrição,Jesus,eu confio em vós.Desejo que esta imagem seja venerada primeiramente na nossa capela e depois no mundo inteiro.Prometo que a alma que venerar esta imagem não perecerá.Prometo também,já aqui na terra,a vitória sobre os inimigos e,especialmente,na hora da morte.Eu mesmo a defenderei como minha própria glória.(D 47.48)Desejo que os Sacerdotes anunciem esta minha grande  Misericórdia para com as almas pecadoras.Que o pecador não tenha medo de se aproximar de mim.Queimam-me as chamas da Misericórdia,quero derramá-las sobre as almas.A minha imagem já está na tua alma.Eu desejo que haja a festa da Misericórdia.Quero que essa imagem,que pintarás com o pincel,seja abençoada solenemente no primeiro domingo depois da pascoa,e esse domingo deve ser a festa da Misericórdia.(D 49) 

quinta-feira, 27 de março de 2014

VOCÊ TÊM CONFIADO EM SUA ORAÇÃO

Diante desta exortação,começo a me questionar,é a você também,meu irmão e minha irmã.Sempre quando falo sobre oração,lembro-me que esta palavra,têm sua duplicidade,ou seja ORAR é AÇÃO,pois bem,quem têm por abito ORAR,antes da AÇÃO,sempre realiza com êxito,sua empreitada,seja ela qual for,porem quem começa,a AÇÃO sem ORAR,muita das vezes faz,por fazer,ou simplesmente não observa,a presença do senhor lhe sustentando,quando vier o cansaço,ou a provação.No Catecismo da Igreja Católica:encontramos.
2559     "oração é a elevação da alma a Deus ou o pedido a Deus dos bens convenientes. De onde falamos nós, ao rezar? Das alturas de nosso orgulho e vontade própria, ou das "profundezas" (Sl 130,1) de um coração humilde e contrito? Quem se humilha será exaltado. A humildade é o fundamento da oração. "Nem sabemos o que seja conveniente pedir" (Rm 8,26). A humildade é a disposição para receber gratuitamente o dom da oração; o homem é um mendigo de Deus.
2567     Deus é o primeiro a chamar o homem. Ainda que o ho­mem esqueça seu Criador ou se esconda longe de sua Face, ainda que corra atrás de seus ídolos ou acuse a divindade de tê-lo abandonado, o Deus vivo e verdadeiro chama incessan­temente cada pessoa ao encontro misterioso da oração. Essa atitude de amor fiel vem sempre em primeiro lugar na oração; a atitude do homem é sempre resposta a esse amor fiel. A medida que Deus se revela e revela o homem a si mesmo, a oração aparece como um recíproco apelo, um drama de Alian­ça. Por meio das palavras e dos atos, esse drama envolve o coração e se revela através de toda a história da salvação.

1127     Celebrados dignamente na fé, os sacramentos conferem a graça que significam. São eficazes porque neles age o próprio Cristo; é ele quem batiza, é ele quem atua em seus sacramentos, a fim de comunicar a graça significada pelo sacramento. O Pai sempre atende à oração da Igreja de seu Filho, a qual, na epiclese de cada sacramento, exprime sua fé no poder do Espírito. Assim como o fogo transforma nele mesmo tudo o que toca, o Espírito Santo transforma em vida divina o que é submetido ao seu poder.
2737     "Não possuís porque não pedis. Pedis, mas não recebeis, porque pedis mal, com o fim de gastardes nos vossos prazeres" (Tg 4,2-3). Se pedimos com um coração dividido, "adúlte­ro" Deus não nos pode ouvir, porque deseja nosso bem, nossa vida. "Ou julgais que é em vão que a Escritura diz: Ele reclama com ciúme o espírito que pôs dentro de nós (Tg 4,5)?" Nosso Deus é "ciumento" de nós, o que é o sinal da verdade de seu amor. Entremos no desejo de seu Espírito e seremos ouvidos:
Não te aflijas se não recebes imediatamente de Deus o que lhe pedes: pois Ele quer fazer-te um bem ainda maior por tua per­severança em permanecer com Ele na oração. Ele quer que nosso desejo seja provado na oração. Assim Ele nos prepara para receber aquilo que Ele está pronto a nos dar.
Jesus ouve a oração
2616     oração a Jesus é ouvida por Ele já durante seu ministério, por meio dos sinais que antecipam o poder de sua Morte e Res­surreição: Jesus ouve a oração de fé, expressa em palavras (o leproso,Jairo, a cananéia, o bom ladrão, ou em silêncio (os carregadores do paralítico, a hemorroíssa que lhe toca as ves­tes, as lágrimas e o perfume da pecadora. O pedido insistente dos cegos: "Filho de Davi, tem compaixão de nós" (Mt 9,27)ou "Filho de Davi, tem compaixão de mim" (Mc 10,47) foi retomado na tradição da Oração a Jesus: "Jesus Cristo, Filho de Deus, Senhor, tem piedade de mim, pecador!" Quer na cura das enfermidades, quer na remissão dos pecados, Jesus responde sempre à oração que implora com fé: "Vai em paz, tua fé te salvou!"
Sto. Agostinho resume admiravelmente as três dimensões da oração de Jesus (cf. 2667): "Ele ora por nós como nosso sacer­dote, ora em nós como nossa cabeça, e a Ele sobe nossa oração como ao nosso Deus. Reconheçamos pois, nele, os nossos cla­mores e em nós os seus clamores".
2743     Orar é sempre possível: o tempo do cristão é o de Cristo ressuscitado que "esta conosco todos os dias" (Mt 28,20), apesar de todas as tempestades. Nosso tempo está nas mãos de Deus:
É possível até no mercado ou num passeio solitário fazer uma oração freqüente e fervorosa. Sentados em vossa loja, compran­do ou vendendo, ou mesmo cozinhando.
2744     Orar é uma necessidade vital. A prova contrária não é menos convincente: se não nos deixarmos levar pelo Espírito, cairemos de novo na escravidão do pecado. Como o Espírito Santo pode ser "nossa Vida", se nosso coração está longe dele?
Nada se compara em valor à oração; ela toma possível o que é impossível, fácil o que é difícil. E impossível que caia em pe­cado o homem que reza.
Quem reza certamente se salva; quem não reza certamente se condena.                                                  O padre Kolbe dizia:A ORAÇÃO FAZ,RENASCER O MUNDO,REZEMOS BEM,REZEMOS MUITO,pois bem queridos irmãos é irmãs,na palavra de Deus encontramos também.
24.É por isso que eu digo a vocês: tudo o que vocês pedirem na oração, acreditem que já o receberam, e assim será.(Mc 11,24)
7."Peçam, e lhes será dado! Procurem, e encontrarão! Batam, e abrirão a porta para vocês!
8.Pois todo aquele que pede, recebe; quem procura, acha; e a quem bate, a porta será aberta.
9.Quem de vocês dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão?
10.Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe?
11.Se vocês, que são maus, sabem dar coisas boas a seus filhos, quanto mais o Pai de vocês que está no céu dará coisas boas aos que lhe pedirem."(Mt 7)
12.Eu garanto a vocês: quem acredita em mim, fará as obras que eu faço, e fará maiores do que estas, porque eu vou para o Pai.
13.O que vocês pedirem em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
14.Se vocês pedirem qualquer coisa em meu nome, eu o farei."(Jo 14)
Sendo assim,será que temos confiado,em nossa oração,até quando eu ORO,é como ORO,nas necessidades somente,ou aflições,e ai poderíamos trazer,diversas situação neste momento,no qual a oração si faz necessária,mais vivemos em um mundo,onde muitos estão longe do senhor e de seus desígnios para eles,mediante a isto peçamos,a graça do espírito santo,que possa vir ao nosso auxilio,que a bem Aventurada Virgem Maria,nos anime na missão,e juntos,trazer para o nosso dia a dia,a oração é confiar no poder dela,pois como o sangue corre pelo corpo,ela deve fazer a diferença em nossas vidas,que como Pai Abraão,temos que ser insistente diante de Deus,por nos,pela nossa família,amigos,trabalho em fim pela humanidade.
16.Os homens se levantaram e olharam em direção a Sodoma; e Abraão foi acompanhá-los para a despedida.
17.Javé dizia: "Será que devo esconder de Abraão o que vou fazer,
18.uma vez que Abraão se tornará uma nação grande e poderosa, e que através dele serão abençoadas todas as nações da terra?
19.Eu o escolhi para que ele instrua seus filhos, sua casa e seus sucessores, a fim de que se mantenham no caminho de Javé, praticando a justiça e o direito; desse modo, Javé realizará tudo o que prometeu a Abraão".
20.Então Javé disse: "O clamor contra Sodoma e Gomorra é muito grande e o pecado deles é muito grave.
21.Vou descer para ver se, de fato, as ações deles correspondem ou não ao clamor que subiu até mim contra eles. Então, ficarei sabendo".
22.Os homens partiram daí e foram para Sodoma, enquanto Javé permanecia com Abraão.
23.Abraão aproximou-se e perguntou: "Destruirás o justo com o injusto?
24.Talvez haja cinqüenta justos na cidade! Destruirás e não perdoarás a cidade pelos cinqüenta justos que estão no meio dela?
25.Longe de ti fazeres tal coisa: matar o justo com o injusto, de modo que o justo seja confundido com o injusto! Longe de ti! Será que o juiz de toda a terra não fará justiça?"
26.Javé respondeu: "Se eu encontrar cinqüenta justos na cidade de Sodoma, perdoarei a cidade toda por causa deles".
27.Abraão continuou: "Eu me atrevo a falar ao meu Senhor, embora eu seja pó e cinza.
28.Mas talvez faltem cinco para os cinqüenta justos: por causa de cinco, destruirás a cidade inteira?" Javé respondeu: "Não a destruirei, se eu nela encontrar quarenta e cinco justos".
29.Abraão insistiu: "Suponhamos que só existam quarenta!" Javé respondeu: "Por causa dos quarenta, eu não o farei".
30.Abraão continuou: "Que meu Senhor não fique irritado se eu continuo falando. E se houver trinta?" Javé respondeu: "Se houver trinta, eu não o farei".
31.Abraão insistiu: "Estou me atrevendo a falar ao meu Senhor. Talvez haja vinte!" Javé respondeu: "Por causa dos vinte, eu não a destruirei".
32.Abraão continuou: "Que o meu Senhor não se irrite se eu pergunto pela última vez: E se houver dez?" Javé respondeu: "Por causa dos dez, eu não a destruirei".
33.Quando terminou de falar com Abraão, Javé foi embora. E Abraão voltou para o seu lugar.(Gn 18)

domingo, 9 de fevereiro de 2014

O QUE É SANTIDADE PARA VOCÊ.


É muito comum,se ouvir dizer,sobre santidade em um mundo,tão capitalista e individualista,no qual si vive hoje,pois bem,sera que dentro desta realidade,eu e você,já tentou buscar uma compreensão,para o assunto,sendo assim mais uma vez,façamos deste espaço,um canal de partilha,sobre a questão,da santidade.Quando falamos de ser santo,o mundo muita vezes,nuns responde,santo do pau oco,de santo não têm nada,que santinho,até parece santo,santo só Deus,e por ai vai. Só que meus irmãos e irmãs,esta linguagem,ai abordada são a fala do povo,que não sabe ou as vezes desconhece,a verdade de ser santo,partindo deste principio,com a força do espírito santo,vamos fazer cair por terra,os conceitos movidos que trazemos,sobre santidade.Quando mergulhamos no livro santo,ou seja a palavra de Deus,que é a Bíblia.No livro do Levítico,encontramos:
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga a toda a comunidade dos filhos de Israel: Sejam santos, porque eu, Javé, o Deus de vocês, sou santo.(Lv 19)
7. Quanto a vocês, santifiquem-se e sejam santos, porque eu sou Javé, o Deus de vocês.
8. Guardem e pratiquem meus estatutos, porque eu sou Javé, aquele que santifica vocês.(Lv 20)
Olha dentro deste,contexto a palavra já nos mostra,que o próprio Deus,faz uma determinação,sobre sermos santo,observemos mais uma,vez,esta exortação:
Quanto a vocês, santifiquem-se e sejam santos, porque eu sou Javé, o Deus de vocês.
8.Guardem e pratiquem meus estatutos, porque eu sou Javé, aquele que santifica vocês.(Lv 20)
Queridos irmãos e irmãs,esta realidade pode até,ser nova para alguns,mas para aqueles que medita,a palavra de Deus,e busca vive-la,é um compromisso,e um sinal de pertença a Deus,pois o mesmo nuns criou,certo.Eu é você precisamos lembrar disto todos os dias a questão da santidade não e da Igreja e uma ordem,do próprio Deus,a Igreja apenas e Fiel,a sua palavra,devemos parar,de contradizer ao coisas de Deus,si por ventura,você que esta lendo,esta partilha até então,ainda trazia em sua mente,e em seu coração aqueles,dizeres que no começo do texto,eu falava,é preciso deixar cair por terra,tais ideias,pois devemos sempre,estar abertos para o novo de Deus,necessitamos da graça de Deus para,a nossa santificação,assim a Doutrina,da Igreja nos orienta:
Espírito Santo enviado para levar à plenitude a santificação
§2818 Na Oração do Senhor, trata-se principalmente da vinda final do Reinado de Deus mediante o retorno de Cristo. Mas este desejo não desvia a Igreja de sua missão neste mundo, antes a empenha ainda mais nesta missão. Pois a partir de Pentecostes a vinda do Reino é obra do Espírito do Senhor "para santificar todas as coisas, levando à plenitude a sua obra".
Graça fonte da obra de santificação dos homens
§1999 A graça de Cristo é o dom gratuito que Deus nos faz de sua vida infundida pelo Espírito Santo em nossa alma, para curá-la do pecado e santificá-la; trata-se da graça santificante ou deificante, recebida no Batismo. Em nós, ela é a fonte da obra santificadora:
Se alguém está em Cristo, é nova criatura. Passaram-se as coisas antigas; eis que se fez uma realidade nova. Tudo isto vem de Deus, que nos reconciliou consigo por Cristo (2Cor 5,17-18).
§2001 A preparação do homem para acolher a graça é já uma obra da graça. Esta é necessária para suscitar e manter nossa colaboração na justificação pela fé e na santificação pela caridade. Deus acaba em nós aquilo que Ele mesmo começou, "pois começa, com sua intervenção, fazendo com que nós queiramos e acaba cooperando com as moções de nossa vontade já convertida":
Sem dúvida, operamos também nós, mas o fazemos cooperando com Deus, que opera predispondo-nos com a sua misericórdia. E o faz para nos curar, e nos acompanhará para que, quando já curados, sejamos vivificados; predispõe-nos para que sejamos chamados e acompanha-nos para que sejamos glorificados; predispõe-nos para que vivamos segundo a piedade e segue-nos para que, com Ele, vivamos para todo o sempre, pois sem Ele nada podemos fazer.
Santidade da Igreja:

§824 A Igreja, unida a Cristo, é santificada por Ele; por Ele e nele torna-se também santificante. Todas as obras
§827 "Mas enquanto Cristo, 'santo, inocente, imaculado', não conheceu o pecado, mas veio apenas para expiar os pecados do povo, a Igreja, reunindo em seu próprio seio os pecadores ao mesmo tempo santa e sempre necessitada de purificar-se, busca sem cessar a penitência e a renovação." Todos os membros da Igreja, inclusive seus ministros, devem reconhecer-se pecadores. Em todos eles o joio do pecado continua ainda mesclado ao trigo do Evangelho até o fim dos tempos. A Igreja reúne, portanto, pecadores alcançados pela salvação de Cristo, mas ainda em via de santificação.
A Igreja é santa, mesmo tendo pecadores em seu seio, pois não possui outra vida senão a da graça: é vivendo de sua vida que seus membros se santificam; é subtraindo-se à vida dela que caem pecados e nas desordens que impedem a irradiação da santidade dela. É por isso que ela sofre e faz penitência por essas faltas das quais tem o poder de curar seus filhos, pelo sangue de Cristo e pelo dom do Espírito Santo
 da Igreja tendem, como seu fim, "à santificação dos homens em Cristo e à glorificação de Deus". É na Igreja que está depositada "a plenitude dos meios de salvação". É nela que "adquirimos a santidade pela graça de Deus".
Santificação obra própria do Espírito Santo
§703 A Palavra de Deus e seu Sopro estão na origem do ser e da vida de toda criatura: Ao Espírito Santo cabe reinar, santificar e animar a criação, pois é Deus consubstancial ao Pai e ao Filho... A ele cabe o poder sobre a vida, pois, sendo Deus, ele conserva a criação no Pai pelo Filho.
 Cruz caminho para a santidade
§2015 O caminho da perfeição passa pela cruz. Não existe santidade sem renúncia e sem combate espiritual. O progresso espiritual envolve ascese e mortificação, que levam gradualmente a viver na paz e na alegria das bem-aventuranças:
Aquele que vai subindo jamais cessa de progredir de começo em começo, por começos que não têm fim. Aquele que jamais cessa de desejar aquilo que já conhece.
Fé ajuda para alcançar a santidade
§1709 Quem crê em Cristo torna-se filho de Deus. Esta adoção filial o transforma, propiciando-lhe seguir o exemplo de Cristo. Ela torna-o capaz de agir corretamente e de praticar o Em união com seu Salvador, o discípulo alcança a perfeição da caridade, a santidade. Amadurecida na graça, a vida moral desabrocha em vida eterna na glória do céu.
Vocação para a santidade
§2013 "Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade." Todos são chamados à santidade: "Deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito" (Mt 5,48):
Com o fim de conseguir esta perfeição, façam os fiéis uso das forças recebidas (...), a fim de que, cumprindo em tudo a vontade do Pai, se dediquem inteiramente à glória de Deus e ao serviço do próximo. Assim, a santidade do povo de Deus se expandirá em abundantes frutos, como se demonstra luminosamente na história da Igreja pela vida de tantos santos.
§2014 O progresso espiritual tende à união sempre mais íntima com Cristo. Esta união recebe o nome de "mística", pois ela participa no mistério de Cristo pelos sacramentos "os santos mistérios" e, nele, no mistério da Santíssima Trindade, Deus nos chama a todos a esta íntima união com Ele, mesmos que graças especiais ou sinais extraordinários desta vida mística sejam concedidos apenas a alguns, em vista de manifestar o dom gratuito feito a todos.
§2028 "O apelo à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. Se dirige a todos os fiéis cristãos. " "A perfeição cristã só tem um limite: ser ilimitada."
Santidade dos fiéis
§2045 Por serem os membros do Corpo cuja Cabeça é Cristo os cristãos contribuem, pela constância de suas convicção de seus costumes, para a edificação da Igreja. A Igreja aumenta, cresce e se desenvolve pela santidade de seus fiéis até que "alcancemos todos nós (...) o estado de homem perfeito, a medida da estatura da plenitude de Cristo" (Ef 4,13).
Mediante a tudo isto,partilhado,que a parti de agora,tenhamos outro conceito,de santidade com o nosso olhar,voltado para o alto,e ao mesmo tempo,buscando as coisas do alto,onde de fato é o nosso lugar,pois o próprio Jesus Cristo,nós exorta a este respeito.
39. Um dos criminosos crucificados o insultava, dizendo: "Não és tu o Messias? Salva a ti mesmo e a nós também!"
40. Mas o outro o repreendeu, dizendo: "Nem você teme a Deus, sofrendo a mesma condenação?
41. Para nós é justo, porque estamos recebendo o que merecemos; mas ele não fez nada de mal."
42. E acrescentou: "Jesus, lembra-te de mim, quando vieres em teu Reino."
43. Jesus respondeu: "Eu lhe garanto: hoje mesmo você estará comigo no Paraíso."(Lc 23)
1. Jesus continuou dizendo: "Não fique perturbado o coração de vocês. Acreditem em Deus e acreditem também em mim.
2. Existem muitas moradas na casa de meu Pai. Se não fosse assim, eu lhes teria dito, porque vou preparar um lugar para vocês.
3. E quando eu for e lhes tiver preparado um lugar, voltarei e levarei vocês comigo, para que onde eu estiver, estejam vocês também.
4. E para onde eu vou, vocês já conhecem o caminho."(Jo 14)
Peçamos auxilio do espírito santo,e da Bem Aventurada Virgem Maria,Mãe da Igreja é nossa,para que possamos,deixar Deus Pai,realizar em nos sua vontade.
2796     Quando a Igreja reza "Pai nosso que estais nos céus", professa que somos o Povo de Deus já assentados nos céus, em Cristo Jesus", "escondidos com Cristo em Deus" e, ao mesmo tempo, "gememos pelo desejo ardente de revestir por cima de nossa morada terrestre a nossa habitação celeste" (2Cor 5,2)
Os cristãos estão na carne, mas não vivem segundo a carne. Passam sua vida na terra, mas são cidadãos do céu.

44. Eu sou Javé, o Deus de vocês. E vocês foram santificados e se tornaram santos, porque eu sou santo. portanto, não se tornem impuros com nenhum desses répteis que rastejam pelo chão.
45. Eu sou Javé, que os tirei do Egito, para ser o Deus de vocês: sejam santos, porque eu sou santo.(Lv 11)



sábado, 8 de fevereiro de 2014

FORNICAÇÃO

Vamos trazer este tema,com o objetivo de,com o auxilio do Espírito Santo de Deus,possamos compreender,e saber tratar assuntos,tão necessários,nos tempo atual,pois bem,são situação como esta,que si faz,bem presente no mundo de hoje,temos diversas pessoas,e os meios de comunicação,dizendo que isto é normal,é triste percebermos,que alguns cristão,têm este conceito também,alguns por falta de formação,ou esclarecimento.Sendo assim,esta partilha terá por finalidade,abrir nossa mente,para observamos a gravidade do assunto a ser abordado.O catecismo da Igreja Católica,nos diz:
Definição de fornicação

§2353 A fornicação é a união carnal fora do casamento entre um homem e uma mulher livres. É gravemente contrária à dignidade das pessoas e da sexualidade humana, naturalmente ordenada para o bem dos esposos, bem como para a geração e a educação dos filhos. Além disso, é um escândalo grave quando há corrupção de jovens.
Atos bons e atos maus
1755 O ato moralmente bom supõe a bondade do objeto, da finalidade e das circunstâncias. Uma finalidade má corrompe a ação, mesmo que seu objeto seja bom em si (como, por exemplo, rezar e jejuar "para ser visto pelos homens").
O objeto da escolha por si só pode viciar o conjunto de determinado agir. Existem comportamentos concretos - como a fornicação - cuja escolha é sempre errônea, pois escolhê-los significa uma desordem da vontade, isto é, um mal moral.
A diversidade dos pecados
1852 A variedade dos pecados é grande. As Escrituras nos fornecem várias listas. A Carta aos gálatas opõe as obras da carne ao fruto do Espírito: "As obras da carne são manifestas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, ódio, rixas, ciúmes, ira, discussões, discórdia, divisões, invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos previno, como já vos preveni: os que tais coisas praticam não herdarão o Reino de Deus" (Gl 5,19-21)".

Partindo já desta,primeira exortação,podemos olhar de uma maneira diferente,para esta realidade,que muita das vezes,somos obrigados a presenciar,no nosso meio,ao redor,ou até mesmo,em nossa Família.Bem!acho que agora,sabemos que tal situação,não condiz,com um batizado,ou seja um homem,ou mulher de Deus.Podemos nós perguntarmos,o que eu ou você,valoriza mais,a modernidade,as facilidade,ou a lei de Deus,sendo assim,traremos algumas,citações da palavra de Deus,para sabermos orientar,aqueles irmãos e irmãs,que por ventura,vive uma situação,assim de fornicação,vejamos o projeto,de Deus Pai para seus filhos e filhas.
18.Javé Deus disse: "Não é bom que o homem esteja sozinho. Vou fazer para ele uma auxiliar que lhe seja semelhante".
19.Então Javé Deus formou do solo todas as feras e todas as aves do céu. E as apresentou ao homem para ver com que nome ele as chamaria: cada ser vivo levaria o nome que o homem lhe desse.
20.O homem deu então nome a todos os animais, às aves do céu e a todas as feras. Mas o homem não encontrou uma auxiliar que lhe fosse semelhante.
21.Então Javé Deus fez cair um torpor sobre o homem, e ele dormiu. Tomou então uma costela do homem e no lugar fez crescer carne.
22.Depois, da costela que tinha tirado do homem, Javé Deus modelou uma mulher, e apresentou-a para o homem.
23.Então o homem exclamou: "Esta sim é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque foi tirada do homem!"
24.Por isso, um homem deixa seu pai e sua mãe, e se une à sua mulher, e eles dois se tornam uma só carne.
25.Ora, o homem e sua mulher estavam nus, porém, não sentiam vergonha.(Gn 2)
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga aos filhos de Israel: Eu sou Javé, o Deus de vocês.
3. Não se comportem como na terra do Egito, onde vocês habitaram, nem como costumam se comportar na terra de Canaã, para onde estou levando vocês; não sigam os estatutos deles,
4. mas pratiquem minhas normas e guardem minhas leis, deixando-se guiar por elas. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
5. Guardem meus estatutos e minhas normas, que dão vida a quem os cumpre. Eu sou Javé.
6. Ninguém de vocês se aproximará de uma parenta próxima, para ter relações sexuais com ela. Eu sou Javé.
7. Não tenha relações sexuais com sua mãe. Ela é de seu pai, e é sua mãe; não tenha relações sexuais com ela.
8. Não tenha relações sexuais com a concubina de seu pai; pois ela pertence ao seu pai.
9. Não tenha relações sexuais com sua irmã, seja por parte de pai, seja de mãe, nascida em casa ou fora dela.
10. Não tenha relações sexuais com suas netas, pois elas são sua própria carne.
11. Não tenha relações sexuais com a filha da concubina de seu pai, pois ela é sua irmã.
12. Não tenha relações sexuais com sua tia paterna, pois ela é do sangue de seu pai.
13. Não tenha relações sexuais com sua tia materna, pois ela é do sangue de sua mãe.
14. Não ofenda seu tio, irmão de seu pai, tendo relações sexuais com a mulher dele, pois ela é sua tia.
15. Não tenha relações sexuais com sua nora, pois ela é a mulher de seu filho.
16. Não tenha relações sexuais com sua cunhada, pois ela pertence ao seu irmão.
17. Não tenha relações sexuais com uma mulher e com a filha dela, nem com a neta dela. São parentes, e isso seria uma infâmia.
18. Não case com uma mulher e com a irmã dela, criando rivalidades, ao ter relações sexuais também com ela enquanto a outra vive.
19. Não tenha relações sexuais com uma mulher durante a menstruação.
20. Não se deite com a mulher de alguém do seu povo: você ficaria impuro.
21. Não sacrifique um filho seu a Moloc, profanando o nome do seu Deus. Eu sou Javé.
22. Não se deite com um homem, como se fosse com mulher: é uma abominação.
23. Não se deite com animal, pois você ficaria impuro. A mulher não se entregará a um animal, para ter relações sexuais com ele, pois seria uma depravação.
24. Não se tornem impuros com nenhuma dessas coisas, pois assim fazem as nações que eu vou expulsar da frente de vocês.
25. A terra está impura: vou pedir contas a ela, e ela vomitará seus próprios habitantes.
26. Quanto a vocês, guardem meus estatutos e normas, e não cometam nenhuma dessas abominações, nem o cidadão, nem o imigrante que reside entre vocês.
27. Porque todas essas abominações foram cometidas pelos habitantes que habitaram nesta terra antes de vocês, e a terra ficou impura.
28. Se vocês tornarem impura esta terra, será que ela não os irá vomitar como vomitou as nações que habitaram nela antes de vocês?
29. Porque todo aquele que cometer uma dessas abominações será excluído do seu povo.
30. Portanto, respeitem minhas proibições, não seguindo nenhuma dessas práticas abomináveis, que eram feitas antes de vocês chegarem. Não se tornem impuros com elas. Eu sou Javé, o Deus de vocês".(Lv 18)
Neste primeiro,momento da palavra observamos,como dês do começo,o coração daquele,povo já,praticava algumas coisas,que Deus não,gostava.Pois bem meus irmãos,diante desta partilha,tenhamos coragem de explicar,nossos irmãos e irmãs,que as vezes vivem,situações,semelhantes,a mudarem de vida.Abuscar as coisas,do alto e não si deixar,levar pelas coisas do mundo,e sim desejarmos:
Desejos do Espírito Santo contrários aos desejos da carne
§2541 A economia da lei e da graça desvia o coração dos homens ambição e da inveja e o inicia no desejo do Sumo Bem; instrui-o nos desejos do Espírito Santo, que sacia o coração do homem.
O Deus das promessas desde sempre advertiu o homem contra a sedução daquilo que, desde as origens, aparece como "bom ao apetite, agradável aos olhos, desejável para adquirir ciência" (cf. Gn 3,6).
§2542 A Lei confiada a Israel jamais bastou para justificar aqueles que lhe eram sujeitos; antes, tomou-se mesmo o instrumento da "cobiça". A inadequação entre o querer e o fazer indica o conflito entre a lei de Deus, que é a "lei da razão", e outra lei, "que me acorrenta à lei do pecado que existe em meus membros" (Rm 7,23).
§2543 "Agora, porém, independentemente da Lei, se manifestou a justiça de Deus, testemunhada pela lei e pelos profetas, justiça de Deus que opera pela fé em Jesus Cristo em favor de todos os crêem" (Rm 3,21-22). Por isso os fiéis de Cristo "crucificaram a carne com suas paixões e concupiscências" (Gl 5,24); eles conduzidos pelo Espírito e seguem os desejos do Espírito.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

AO LOUVAR,BROTA A ALEGRIA NO CORAÇÃO


Voltando a escrita,venho ao meu coração,o desejo de partilha com os irmãos(a) as maravilhas do senhor em nosso meio.Sendo assim deixemos ser,capacitados pela força consoladora do espírito santo.Trago para nossa partilha o momento em que a palavra nos revela,sobre a apresentação do menino Jesus no templo,de Jerusalém.
21. Quando se completaram os oito dias para a circuncisão do menino, deram-lhe o nome de Jesus, como fora chamado pelo anjo anjo, antes de ser concebido.
22. Terminados os dias da purificação deles, conforme a Lei de Moisés, levaram o menino para Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor,
23. conforme está escrito na Lei do Senhor: "Todo primogênito de sexo masculino será consagrado ao Senhor."
24. Foram também para oferecer em sacrifício um par de rolas ou dois pombinhos, conforme ordena a Lei do Senhor.
25. Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Era justo e piedoso. Esperava a consolação de Israel, e o espírito Santo estava com ele.
26. O Espírito Santo tinha revelado a Simeão que ele não morreria sem primeiro ver o Messias prometido pelo Senhor.
27. Movido pelo Espírito, Simeão foi ao Templo. Quando os pais levaram o menino Jesus, para cumprirem as prescrições da Lei a respeito dele,
28. Simeão tomou o menino nos braços, e louvou a Deus, dizendo:
29. "Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar o teu servo partir em paz.
30. Porque meus olhos viram a tua salvação,
31. que preparaste diante de todos os povos:
32. luz para iluminar as nações e glória do teu povo, Israel."
33. O pai e a mãe estavam maravilhados com o que se dizia do menino.
34. Simeão os abençoou, e disse a Maria, mãe do menino: "Eis que este menino vai ser causa de queda e elevação de muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição.
35. Quanto a você, uma espada há de atravessar-lhe a alma. Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações."
36. Havia também uma profetisa chamada Ana, de idade muito avançada. Ela era filha de Fanuel, da tribo de Aser. Tinha-se casado bem jovem, e vivera sete anos com o marido.
37. Depois ficou viúva, e viveu assim até os oitenta e quatro anos. Nunca deixava o Templo, servindo a Deus noite e dia, com jejuns e orações.
38. Ela chegou nesse instante, louvava a Deus, e falava do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
39. Quando acabaram de cumprir todas as coisas, conforme a Lei do Senhor, voltaram para Nazaré, sua cidade, que ficava na Galiléia.
40. O menino crescia e ficava forte, cheio de sabedoria. E a graça de Deus estava com ele.(Lc 2)
No texto revelado,me chama a atenção,a alegria do velho Simeão em ver,o cumprimento de uma,revelação dada a ele,através do espírito santo,ao ver o menino,ou seja ao ter a graça de pegar,no colo,já em seu coração venho em seus lábios um grande louvor,é interessante que o velho Simeão,contenta-se em somente ver o menino Jesus,traz a certeza que ele era,a salvação do povo,e luz para o mundo,e ao mesmo tempo exorta a Maria,sua Mãe o que ele iria,fazer e o que ela iria passar.Outro fato,importante neste texto e a alegria,da profetisa Ana,quando ela chega,ao ver o menino Jesus,com o velho Simeão,pôs a louvar a Deus,e a testemunhar a todos o cumprimento das promessa de Deus,para os que esperavam a libertação de Jerusalém.Ai podemos nuns,questionar,dentro da realidade que vivemos,sabemos que Jesus esta no nosso meio,temos a disposição,a alegria,de anunciar as maravilhas do senhor,em nosso meio,assumimos nossa condição de batizados,tomamos posse da ação,do espírito santo,de Deus que nos foi dando através,do seu filho Jesus Cristo.Em um tempo,onde si deve,preparar a segunda vinda do senhor,precisamos sermos,João Batista,que anunciou sem medo a vinda do redentor.E tão importante nos dias de hoje,com os meios de comunicação que temos,de fazer soar a palavra,de Deus a todos os corações.A lembrar aos irmãos e irmãs,esta verdade revelada na palavra de Deus.
31. "Quando o Filho do Homem vier na sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso.
32. Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.
33. E colocará as ovelhas à sua direita, e os cabritos à sua esquerda.
34. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: 'Venham vocês, que são abençoados por meu Pai. Recebam como herança o Reino que meu Pai lhes preparou desde a criação do mundo.(Mt 25)
25. "Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. E na terra, as nações cairão no desespero, apavoradas com o barulho do mar e das ondas.
26. Os homens desmaiarão de medo e ansiedade, pelo que vai acontecer ao universo, porque os poderes do espaço ficarão abalados.
27. Então eles verão o Filho do Homem vindo sobre uma nuvem, com poder e grande glória.
28. Quando essas coisas começarem a acontecer, levantem-se e ergam a cabeça, porque a libertação de vocês está próxima."(Lc 21)
39. Mas, fiquem certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que lhe arrombasse a casa.
40. Vocês também estejam preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que vocês menos esperarem."(Lc 12)
Ainda dentro desta,realidade a doutrina da Igreja,nos exorta também.
1042     No fim dos tempos, o Reino de Deus chegar  à sua plenitude. Depois do Juízo Universal, os justos reinarão para sempre com Cristo, glorificados em corpo e alma, e o próprio universo será renovado:

Então a Igreja será "consumada na glória celeste, quando chegar o tempo da restauração de todas as coisas, e com o gênero humano também o mundo todo, que está  intimamente ligado ao homem e por meio dele atinge sua finalidade, encontrará sua restauração definitiva em Cristo"

1043     Esta renovação misteriosa, que há de transformar a humanidade e o mundo, a Sagrada Escritura a chama de "céus novos e terra nova" (2Pd 3,13). Ser  a realização definitiva do projeto de Deus de "reunir, sob um só chefe, Cristo, todas as coisas, as que estão no céu e as que estão na terra" (Ef 1,10).

1044     Neste "universo novo", a Jerusalém celeste, Deus terá sua morada entre os homens. "Enxugará  toda lágrima de seus olhos, pois nunca mais haverá  morte, nem luto, nem clamor, e nem dor haverá  mais. Sim! As coisas antigas se foram!" (Ap 21,4).
1045     Para o homem, esta consumação será  a realização última da unidade do gênero humano, querida por Deus desde a criação e da qual a Igreja peregrinante era "como o sacramento". Os que estiverem unidos a Cristo formarão a comunidade dos remidos, a cidade santa de Deus (Ap 21,2), "a Esposa do Cordeiro" (Ap 21,9). Esta não será mais ferida pelo pecado, pelas impurezas, pelo amor-próprio, que destroem ou ferem a comunidade terrestre dos homens. A visão beatífica, na qual Deus se revelará  de maneira inesgotável aos eleitos, será a fonte inexaurível de felicidade, de paz e de comunhão mútua.

1046     Quanto ao cosmos, a Revelação afirma a profunda comunidade de destino do mundo material e do homem:
Pois a criação em expectativa anseia pela revelação dos filhos de Deus (...) na esperança de ela também ser libertada da escravidão da corrupção (...). Pois sabemos que a criação inteira geme e sofre as dores de parto até o presente. E não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, gememos interiormente, suspirando pela redenção de nosso corpo (Rm 8,19-23).

1047     Também o universo visível está, portanto, destinado a ser transformado, "a fim de que o próprio mundo, restaurado em seu primeiro estado, esteja, sem mais nenhum obstáculo, a serviço dos justos", participando de sua glorificação em Cristo ressuscitado.
1048     "Ignoramos o tempo da consumação da terra e da humanidade e desconhecemos a maneira de transformação do universo. Passa certamente a figura deste mundo deformada pelo pecado, mas aprendemos que Deus prepara uma nova morada e nova terra. Nela reinará  a justiça, e sua felicidade irá satisfazer á e superar todos os desejos de paz que sobem aos corações dos homens."

1049     "Contudo, a expectativa de uma terra nova, longe de atenuar, deve impulsionar em vós a solicitude pelo aprimoramento desta terra. Nela cresce o corpo da nova família humana que já  pode apresentar algum esboço do novo século. Por isso, ainda que o progresso terrestre se deva distinguir cuidadosamente do aumento do Reino de Cristo, ele é de grande interesse para o Reino de Deus, na medida em que pode contribuir para melhor organizar a sociedade humana. "

1050     "Com efeito, depois que propagarmos na terra, no Espírito do Senhor e por ordem sua, os valores da dignidade humana, da humanidade fraterna e da liberdade, todos estes bons frutos da natureza e de nosso trabalho, nós os encontraremos novamente, limpos, contudo, de toda impureza, iluminados e transfigurados,  quando Cristo entregar ao Pai o reino eterno e universal. Deus será, então, "tudo em todos" (1 Cor 15,28), na Vida Eterna:

Pesamos ao espírito santo,seu auxilio,para vivermos aquilo que é projeto,de Deus Pai para nos,pois mais uma vez,a voz do senhor,vem ao nosso coração.
32. Portanto, todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante do meu Pai que está no céu.
33. Aquele, porém, que me renegar diante dos homens, eu também o renegarei diante do meu Pai que está no céu."(Mt 10)

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

CELEBREMOS OS ARCANJOS





Mês de Setembro a Igreja celebra,os arcanjos,dentro desta realidade vamos trazer,algumas considerações sobre os mesmo,para estarmos em sitônia com a Igreja,vejamos então:
Arcanjo Miguel:1. Nesse tempo se levantará Miguel, o grande príncipe que protege o povo ao qual você pertence: será uma hora de grandes apertos, tais como jamais houve, desde que as nações começaram a existir, até o tempo atual. Então o seu povo será salvo, todos os que estiverem inscritos no livro.
2. Muitos que dormem no pó despertarão: uns para a vida eterna, outros para a vergonha e a infâmia eternas.
3. Os sábios brilharão como brilha o firmamento, e os que ensinam a muitos a justiça brilharão para sempre como estrelas.
4. Você, Daniel, guarde em segredo esta mensagem, lacre este livro até o tempo final. Muitos o examinarão, e o conhecimento deles aumentará".(Dn 12)
7. Aconteceu então uma batalha no céu: Miguel e seus Anjos guerrearam contra o Dragão.
8. O Dragão batalhou juntamente com os seus Anjos, mas foi derrotado, e no céu não houve mais lugar para eles.
9. Esse grande Dragão é a antiga Serpente, é o chamado Diabo ou Satanás. É aquele que seduz todos os abitantes da terra. O Dragão foi expulso para a terra, e os Anjos do Dragão foram expulsos com ele.
10. Ouvi, então, uma voz forte no céu, proclamando: "Agora realizou-se a salvação, o poder e a realeza do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo. Porque foi expulso o acusador dos nossos irmãos, aquele que os acusava dia e noite diante do nosso Deus.
11. Eles, porém, venceram o Dragão pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram, pois diante da morte desprezaram a própria vida.
12. Por isso, faça festa, ó céu. Alegrem-se os que aí vivem. Mas ai da terra e do mar, porque o Diabo desceu para o meio de vocês. Ele está cheio de grande furor, sabendo que lhe resta pouco tempo."(Ap 12)
Arcanjo Rafael:14. Da mesma forma, fui mandado para curar você e sua nora Sara.
15. Eu sou Rafael, um dos sete anjos que estão sempre prontos para entrar na presença do Senhor glorioso".
16. Os dois ficaram assustados e caíram com o rosto por terra, cheios de medo.
17. Rafael, porém, lhes disse: "Não tenham medo! Que a paz esteja com vocês! Bendigam a Deus para sempre.
18. Se eu estive com vocês, não foi por vontade minha, mas de Deus. É a ele que vocês devem sempre bendizer e cantar hinos.
19. Vocês pensavam que eu comia, mas era só aparência.
20. Agora, bendigam ao Senhor na terra, e agradeçam a Deus. Volto para aquele que me enviou. Escrevam tudo o que lhes aconteceu". E o anjo desapareceu.
21. Quando se levantaram, não o puderam ver mais.
22. Então louvaram a Deus e entoaram hinos, agradecendo-lhe as maravilhas que ele tinha realizado, porque o anjo de Deus tinha aparecido a eles.(Tb 12)
ARCANJO GABRIEL:26. No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia chamada Nazaré.
27. Foi a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José, que era descendente de Davi. E o nome da virgem era Maria.
28. O anjo entrou onde ela estava, e disse: "Alegre-se, cheia de graça! O Senhor está com você!"
29. Ouvindo isso, Maria ficou preocupada, e perguntava a si mesma o que a saudação queria dizer.
30. O anjo disse: "Não tenha medo, Maria, porque você encontrou graça diante de Deus.
31. Eis que você vai ficar grávida, terá um filho, e dará a ele o nome de Jesus.
32. Ele será grande, e será chamado Filho do Altíssimo. E o Senhor dará a ele o trono de seu pai Davi,
33. e ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó. E o seu reino não terá fim."
34. Maria perguntou ao anjo: "Como vai acontecer isso, se não vivo com nenhum homem?"
35. O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra. por isso, o Santo que vai nascer de você será chamado Filho de Deus.
36. Olhe a sua parenta Isabel: apesar da sua velhice, ela concebeu um filho. Aquela que era considerada estéril, já faz seis meses que está grávida.
37. Para Deus nada é impossível."
38. Maria disse: "Eis a escrava do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra." E o anjo a deixou.(Lc 1)Sendo assim,vamos cada vez ,mais nós abrirmos para a ação do espírito santo,de Deus,que recebemos no batismo,para compriedermos sempre,tudo aquilo que nos é revelado na palavra de Deus,é com isto apredermos também com ela.Vejamos agora o que pedir ao anjos:Serafins - Que nos abrasem no amor a Deus, inflamem nosso coração no carinho a Maria. Que só nos entreguemos, louvemos e sirvamos a Deus. 

Querubins - Que nos ajudem nas tentações, contra a fé, pureza e escrúpulos. 

Tronos - Que esclareçam e iluminem os governantes, bispos e responsáveis por comunidades religiosas e civis. 

Dominações - Que esclareçam os hereges, ateus, incrédulos e católicos pouco fervorosos (àqueles por cuja conversão estamos pedindo). Também pêlos que se empenham em difundir o reino de Deus. 

Virtudes - Que melhorem nossa vida espiritual, dando-nos coragem e força para cumprirmos as boas resoluções, (façamos-lhes a entrega de nossa oração pessoal). 

Potestades - Que removam os obstáculos que possam impedir a execução dos desígnios de Deus, desfazendo as armadilhas e ciladas do inimigo. Também que inspirem os sacerdotes a se santificarem. 

Principados -Que defendam e protejam nosso país, cidade, Igreja. Que ajam como instrumentos de Deus na realização de milagres. 

Arcanjo Miguel - Que combata por nós o inimigo e o precipite do inferno, desfazendo toda a mentira e ilusão da qual se serve. Que aumente em nós o amor a santa missa e sagrada Eucaristia. 

Arcanjo Gabriel – Que aumente em nós o amor a Mana e lhe apresente nossos pedidos.

Arcanjo Rafael -Que nos defenda das potências do mal, das doenças e nos acompanhe nas viagens. Que seja nosso consolo nas dificuldades e nos fortaleça no desânimo e depressão. Também que ilumine os padres confessores e orientadores espirituais. 

Anjos da guarda - Que nos guardem, governem e iluminem. Que nos inspirem, suscitando-nos boas idéias e propostas.
Eis ai,um pouco do que no decorrer,de minha caminhada tenho observado,sobre os anjos,Finalizo esta partilha,com duas considerações finais,uma do catecismo,é outra da palavra de Deus.
  1. Guardas dos homens
  2. § 336Desde o início até a morte, a vida humana é cercada por sua proteção e por sua intercessão. "Cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida." Ainda aqui na terra, a vida cristã participa na fé da sociedade bem-aventurada dos anjos e dos homens, unidos em Deus.
30. Cornélio então respondeu: "Há quatro dias, nesta mesma hora, eu estava em casa recitando a oração das três horas da tarde, quando se apresentou diante de mim um homem com vestes resplandecentes
31. e me disse: 'Cornélio, sua oração foi ouvida e suas esmolas foram lembradas diante de Deus.
32. Por isso, mande procurar em Jope certo Simão, chamado Pedro. Ele está hospedado na casa do curtidor Simão, à beira-mar!'
33. Imediatamente mandei chamá-lo, e foi bom você vir. Agora, portanto, estamos todos aqui, na presença de At 10)
Deus, prontos para ouvir o que o Senhor o encarregou de nos dizer."(
.1. Perseverem no amor fraterno.
2. Não se esqueçam da hospitalidade, pois algumas pessoas, graças a ela, sem saber acolheram anjos.(Hb 13)


2. Não se esqueçam da hospitalidade, pois algumas pessoas, graças a ela, sem saber acolheram anjos.9 

terça-feira, 10 de setembro de 2013

EXALTEMOS,A CRUZ, DE CRISTO JESUS

A Igreja,no dia 14de Setembro,celebra a exaltação da Santa Cruz.Diante desta realidade como eu é você,têm refletido sobre a Cruz de Cristo Jesus,como esta nosso olhar,para ela,o que no seu coração,vêm ao comtenplar,a Santa Cruz.Ou devido a novidade que a cada momento o mundo oferece,temos tirado nosso olhar,para a Cruz,onde ali,como gosto de dizer,foi o Amor do Pai,na pessoa do filho,mostrando,o Amor para com seus filhos(a).Muitos hoje não contempla mais a Cruz de Cristo Jesus,outros até a jogarão fora,é me pergunto por que,São João nos lembra:14. Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, do mesmo modo é preciso que o Filho do Homem seja levantado.
15. Assim, todo aquele que nele acreditar, nele terá a vida eterna."
16. "Pois Deus amou de tal forma o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele acredita não morra, mas tenha a vida eterna.(Jo 3).
Sacrifício da cruz e sua aceitação
§561 "Toda a vida de Cristo foi um contínuo ensinamento: seus silêncios, seus milagres, seus gestos, sua oração, seu amor ao homem, sua predileção pelos pequenos e pelos pobres, a aceitação do sacrifício total na Cruz pela redenção do mundo, Sua Ressurreição constituem a atuação de sua palavra e o cumprimento da Revelação.(CIC) Sabemos que na cruz,Jesus Cristo,cumpri sua missão,é importante lembrarmos,que quando temos,uma festa,ou outras atividades,de recriação,no mundo moderno de hoje,os recurso para si fazer diversos registro são eumeros,é com isto,deixamos registrados,os momentos marcantes,é até os engrasando,pois bem,trago esta comparação,para lembrar aos irmãos(a),que na cruz si encontra,a lembrança da vitória de Cristo,é seu Amor por nos,desprezar a Cruz,é desprezar o próprio Cristo Jesus,São Paulo já havia previsto isto,quando ele lembra,a comunidade do Filipenses,é hoje esta exortação chega até a nos também,vejamos:18. Uma coisa eu já disse muitas vezes, e agora repito com lágrimas: há muitos que são inimigos da cruz de Cristo.
19. O fim deles é a perdição; o deus deles é o ventre, sua glória está no que é vergonhoso, e seus pensamentos em coisas da terra.(Fl 3)
Responsabilidade da pena da cruz
§598 No magistério de sua fé e no testemunho de seus santos a Igreja nunca esqueceu que "foram os pecadores como tais os autores e como que os instrumentos de todos os sofrimentos por que passou o Divino Redentor". Levando em conta que nossos pecados atingem o próprio Cristo, a Igreja não hesita em imputar aos cristãos a responsabilidade mais grave no suplício de Jesus, responsabilidade que com excessiva freqüência estes debitaram quase exclusivamente aos judeus.
Devemos considerar como culpados desta falta horrível os que continuam a reincidir em pecados. Já que são os nossos crimes que arrastaram Nosso Senhor Jesus Cristo ao suplício da cruz, com certeza os que mergulham nas desordens e no mal "de sua parte crucificam de novo o Filho de Deus e o expõem as injúrias" (Hb 6,6). E é imperioso reconhecer que nosso próprio crime, neste caso é maior do que o dos judeus. Pois estes, como testemunha o Apóstolo, "se tivessem conhecido o Rei da glória, nunca o teriam crucificado" (1Cor 2,8). Nós, porém, fazemos profissão de conhecê-lo. E, quando o negamos por nossos atos, de certo modo levantamos contra Ele nossas mãos homicidas. Os demônios, então, não foram eles que o crucificaram; és tu que com eles o crucificaste e continuas a crucificá-lo, deleitando-te nos vícios e. nos pecados.(CIC) Sendo assim,queridos irmãos(a),devemos,ainda agora contemplar,a Cruz de Cristo Jesus,pois bem sabemos,que quando olhamos pra ela,nossas forças volta,pois é isto que Deus Pai,quer nós dizer com a entrega de seu,filho por nos.
Reino de Deus estabelecido pela cruz de Cristo
§550 O advento do Reino de Deus é a derrota do reino de Satanás: "Se é pelo Espírito de Deus que eu expulso os demônios, então o Reino de Deus já chegou a vós" (Mt 12,28). Os exorcismos de Jesus libertam homens do domínio dos demônios. Antecipam a grande vitória de Jesus sobre "o príncipe deste mundo". E pela Cruz de Cristo que o Reino de Deus ser definitivamente estabelecido: "Regnavit a ligno Deus - Deus reinou do alto do madeiro".(CIC) Finalizo esta partilha,com uma exortação da palavra de Deus que diz:18. Pois a linguagem da cruz é loucura para aqueles que se perdem. Mas, para aqueles que se salvam, para nós, é poder de Deus.
23. nós, porém, anunciamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos.
24. Mas, para aqueles que são chamados, tanto judeus como gregos, ele é o Messias, poder de Deus e sabedoria de Deus.
25. A loucura de Deus é mais sábia do que os homens e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.(ICor 1) Pesamos o auxilio do Espírito Santo,para que possamos,a parti de agora,olharmos com os olhos da Fé,a Jesus Cristo,crucificado,assim seja Amém.